28 agosto 2012


Resenha: 50 Tons de Cinza


Livro: 50 Tons de Cinza (Vol. 1)
Páginas: 480
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca

Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos... (retirado do Skoob)

Em 50 Tons de Cinza vemos a história de Ana e Christian, ou melhor, Sr. Grey. Ana é uma inocente mulher de 21 anos que nunca namorou e que está no finalzinho da faculdade. Sr. Grey, um cara vivido com seus poucos 27 anos, zilionário, lindo de enlouquecer e... Com um desejo carnal devastador, intenso e viciante. Ana o conhece numa entrevista, no qual substituiu sua amiga que esta adoentada. Assim, ela encontra seu libertador e dominador. Se descobre fascinada por seu encanto, mas aos poucos também descobre que o Sr. Grey esconde muitas coisas. A química entre eles é imediatamente perceptível, Grey a quer tanto, mas do seu modo. Para isso lhe propõe um contrato. E as coisas só começam a esquentar.

Uau, que livro intenso. Não consegui parar até ler a ultima palavra.
Como amei esse casal principal. Ana é simplesmente hilária. Ela adora falar consigo mesmo esbanjando sarcasmo. Ama livros, principalmente os clássicos britânicos, nunca saiu do seu país e seu sonho é visitar Londres. Muitos falaram que não conseguiram engoli essa sua inocência com 21 anos, mas poxa, ela não tinha praticamente experiência alguma nesses assuntos românticos (e eróticos), mas em compensação é super independente em sua vida. Grey enfrenta uma personagem que não vai fazer todos os seus gostos; ele é acostumado a ter tudo em seu controle, e vai aprendendo com o tempo graças a Ana.

O que falar de Sr. Grey? O bafafá tá é grande em relação a essa sua postura de Dominador. Grey é um personagem extremamente dominador que tem um quarto repleto de apetrechos sensuais, que quer deixa-la submissa principalmente na hora “h” com vendas, chicotes e algemas; mas um porém... Ele sempre está lhe dando escolhas. Apesar de Ana não ser uma personagem submissa, ela não consegue resistir e se ver tentada pelo Sr. Grey e tudo o que ele faz é atiçar seus desejos mais profundos lhe inundando de prazer. Na verdade os dois se descobrem, cada um ao seu modo. A autora foi ousada, ela pôs para fora uma fantasia, e a problematiza com o sadomasoquismo de Grey, nos fazendo perguntar onde está o limite. E percebemos que a linha é tênue. Mas apesar de todo esse drama que esconde, o amei imensamente. Como viciei no personagem. Na verdade ele é um fofo. 

Ouvi falar que a autora se inspirou no casal da Saga Crepúsculo para criar esses personagens. Tentei ver se havia realmente algo parecido; eu não conseguir enxergar muita coisa. Só alguns momentos, situações que me lembraram do primeiro livro da saga, e claro, o "amor proibido". Agora se for para comparar; me lembrei instantaneamente de Dorian Gray quando comecei a ser apresentada ao Christian Grey. Até os nomes soam parecidos. Dorian com todo seu charme viciante mas ao mesmo tempo perturbador e perigoso.

Acredito que a intensão da E. L. James foi escancarar os tabus que ainda rodam o sexo e despertar a criatividade.  A autora nos mostra em Grey uma boa dose de sado, mas também mostra que um casal pode ser atrevido. Porque afinal, se os dois concordam, porque não ousar? O baunilha é fundamental, mas ela também propõe um algo a mais para esquentar a relação. 

Então, se deseja um romance, algo que foca nos dois, um romance tórrido, ousado e ao mesmo tempo  chiclete, e claro, não se opõe a cenas deveras calientes – muitas, muitas cenas calientes - 50 Tons de Cinza provavelmente vai te agradar. Dei 5 estrelas no Skoob. Com certeza vou seguir de perto essa serie que já me prendeu completamente no primeiro livro. Eu quero mais.

Mas cuidado, você pode se viciar completamente em Christian Grey. E também juízo, é um livro com um conteúdo extremamente adulto. Eu realmente aconselharia para maiores de 18.
               
PS: Os e-mails trocados entre eles são hilários. E qual o problema com os elevadores? :P

PS 2: Acreditem, eu mexi nessa resenha umas 10 vezes, porque queria tanto falar do quanto amei o livro, mas a resenha estava ficando exorbitantemente grande. Ficou grande, mas a original ficou muito maior. Mesmo assim, espero que tenha despertado a curiosidade.

PS 3: Eu quero ler o livro de novo ¬¬’
Pabline
13

13 comentários:

Roberta Del Carlo disse...

Eu tbm gostei do livro,
achei que é um mistura de tudo que a já li de
romances dos comuns até os mais ousadinhos rs
mas realmente a parte dos e-mails eu ria sozinha,as vezes ela me deixava nervosa,mas qual mocinha dos romance que não deixa né?
e também, se Anastácia não fosse como fosse,talvez não chamasse a atenção de um homem como senhor Grey mas...uns xingam,outros adoram kkkkk
Adoro as informações do seu blog,Parabéns!!
um grande beijo!

Julyana Mendes disse...

Olá Pabline!
Pense em um livro que estou querendo muito ler, é este!Esta no topo da minha lista de desejados!
Não vejo a hora de conhecer esse tão aclamado Sr.Grey! :i
Assim que ver uma promoção camarada dele, acho que não vou resistir rs!!

Beijos!
Julyana!

www.emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/

Eduarda Menezes disse...

Oi Pa!
Eu também adorava os e-mails entre os dois, sempre com altas doses de sarcasmo e ironia (adoro o humor britânico)!
Acho que a Ana parece com a Bella em diversos sentidos (ela é praticamente a Bella em algumas partes), mas o mesmo não se aplica ao Grey e Edward, eles são bem diferentes.
O livro demora para ficar com leves traços mais românticos, mas sinto que mais para o final o Grey estava começando a se render aos encantos da Ana, e isso deixou a história mais interessante e dei graças aos Céus quando ela começou a se impor um pouco mais - aquilo tava um absurdo, o homem é realmente fucked up (porém, um enigma interessante).
Certamente pretendo ler o próximo, também fiquei curiosíssima para saber o que vai acontecer!
Beijocas!

Nane de Oliveira disse...

Olá Pabline,
Antes do livro lançar aqui no Brasil eu consegui na internet a versão dela como fanfic. Pois é, ainda há. E comecei a ler.
Eu, por outro lado, consegui sim ver Edward e Bella, num romance mais realista, podemos dizer? Sem o vampirismo e coisa e tal.
Não consegui terminar a leitura pq numa certa parte a tradução ficou muito ruim, impossibiliantando terminá-la. Agora, depois de alguns meses, ainda estou me decidindo se volto minha leitura ou não.
Ah sim! Qual é o problema dos elevadores? haha

Beijos,
Nane
http://emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/

Pabline disse...

Roberta: \o/
Li poucos que levaram esse erotismo para algo mais sado, foi até uma leitura diferente pra mim.
Ana é meio doida isso sim, mas é difícil essas moçinhas não nos zangarem XD
Como eu rir com os emails, amava essas horas.
Muito odeiam, muitos adoram... É verdade. Vamos ver o que mais comentam deste livro :P
Obrigada flor!

Ju: Menina, tô loucamente de curiosa pela continuação, já tô juntando um dinheirinho pra comprar nesse preço salgadinho que sei que vai sair, mas o vicio não deixa esperar ashauhsua.
Ele é irresistível :o
Bjão!

Duda: Muito, muito bom esses emails hihi
Sei lá, realmente nem lembrei de Bella quando estava lendo o 50 Tons.
Pois é, lá para depois do meio as coisas ficam mais românticas, ouvi falar que o segundo é bem mais romântico, já estou ansiosa por ele.
Grey melhora com o tempo e isso me fez achar ele tão fofo, ele querendo cuidar dela ooonw
Tbm irei acompanhar :D
Xeru!

Nane: Só posso ser anormal, não consegui ver eles ¬¬’
É horrível ler algo com uma tradução mal feita, mas estou eu aqui dando o apoio para que vc leia, mas de um livro, ou pelo menos um ebook bem feito \o/
Esse elevadores tch tch XD
Bj!

Aione Simões disse...

Oi querida!
A resenha está em um ótimo tamanho, não achei grande não :)
Quero muito ler o livro, deve ser viciante demais!
Não sei o que pensarei da Anna, mas eu acho bem possível ela ser sim inocente com essa idade. A gente não pode generalizar, né?
Beijão!

Amanda Cristina disse...

Oi Pabline! Essa série está dando o que falar, hein? Alguns amam, outros odeiam! Eu nunca gostei de Crepúsculo e o fato de ter essas "cenas para maiores" não me deixam curiosa, então não estou com nenhuma vontade de ler 50 Tons de Cinza. Talvez leia daqui a alguns anos, quando achar que tiver maturidade o suficiente para ler, né. =P
Fora isso, fiquei sabendo que a personagem é meio submissa ao Grey. Acho isso muito chato, mas você disse que ela meio que aceitava os atos (nem sei como se descreve isso, AUSHUHASSU), então é bem melhor né...
Enfim, é um livro polêmico. BEM POLÊMICO. Disso eu tenho certeza! Hahahahaha xD

Beijinhos!

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Pabline! Muito em breve pretendo ler Cinquenta Tons de Cinza. Beijos!

Pabline disse...

Aione: =D
Pois é, tbm acho. Muito estão patriamente apedrejando a coitada ashuashu
Mas a fama tá tão grande que o que não falta são comentários... Quero ver quando sair o filme hihi
BJ!

Amanda: Essa série desperta amor e ódio. Eu fiquei no amor como deu de perceber :c
Pois é Amanda, segura um pouco as pontas, a cenas são meio tensas, rs.
Ana se ver tentada por Grey, mas pra quem acha que ela é submissa, vai vendo que com o tempo, Grey é que se ver submisso a ela, de uma forma diferente, e talvez mais forte até. Polêmico, polêmico, polêmico ashahsua
Bjão linda!

Vanessa: Obrigada! Espero que goste XD

Nath Lambert disse...

Oi Pabline!
Então... eu realmente tenho curiosidade com o livro, mas não sei... Eu li um livro erótico (nem terminei, na verdade) e não gostei. E não é por que tem sexo no meio, mas é por que a história soa muito rasa, muito em torno das cenas mais eróticas e parece que a história fica no plano de fundo.
Eu li tanto críticas negativas quanto positivas sobre este livro e REALMENTE não sei o que pensar a respeito. Acho que só lendo D=

P.S.: Eu sei como é ter vontade de ler de novo LOL

Beijos!

www.nathlambert.blogspot.com

Luana Amaral disse...

Bom li o livro e acredito que a resenha descreve bem o livro, senti uma satisfação imensa em ler a sua resenha pois e bem a minha descrição do livro.

nick disse...

Oi mt obrigada pela resenha esta realmente otimo,e eu to querendo msm ler o livro,minah duvida é se tipo realmente tem uma historia ou ele gira todo em torno do erotismo e sexualidade,pq se tiver uma historia boa eu ate me atrevo se nao eu prefiro esperar mais alguns anos rsrsrssr

Vanessa Sousa disse...

nossa amei a leitura dessa trilogia!!é viciante e diferente de todos os romances q eu ja li, maravilhoso.

Postar um comentário

Obrigada pela visita, o mais rápido possível estaremos retribuindo.

Subscribe